R$ 79,00


Fabricante: Sinopsys
Modelo: 9786555710113
Situação: Disponivel

A terapia cognitiva processual (TCP) é um novo modelo de terapia cognitivo-comportamental (TCC) que organiza passo a passo técnicas cognitivas e comportamentais típicas, facilitando sua compreensão para o novo terapeuta e seus pacientes, simplificando sua implementação e preservando sua flexibilidade e eficácia comprovada. Dividido em duas partes, teórica e prática, este livro explora os princípios da TCP, explica as técnicas desenvolvidas ao longo de sua implementação para mudar as cognições disfuncionais e atua como um guia conciso de suas características distintivas. 

 

"Terapia cognitiva processual é uma excelente contribuição para a TCC. Desde o início, fica claro que o autor é um clínico exímio. Irismar desenvolveu uma abordagem inovadora, poderosa e estruturada que ajuda os clínicos a mudarem padrões problemáticos de pensamento e de comportamento. A escrita é altamente acessível, apresentando ao leitor inúmeras técnicas e exemplos clínicos. Qualquer pessoa interessada nas novas fronteiras da terapia cognitiva se beneficiará da leitura deste livro e do uso das ideias criativas expressas aqui. Recomendo esta aquisição revolucionária à biblioteca da terapia cognitiva para clínicos de todos os níveis de especialização."

Robert L. Leahy

 

SUMÁRIO

 

PARTE 1 - Características Teóricas Distintivas da Terapia Cognitiva Processual

 

Capítulo 1. Desenvolvimento histórico e fundamentos da terapia cognitiva processual.

Capítulo 2. Crenças nucleares a respeito do self, conceituadas como autoacusações: contribuição da literatura para a terapia cognitiva processual.

Capítulo 3. Terapia cognitiva processual: uma abordagem em três níveis e três fases.

Capítulo 4. Avaliando as cognições: questionário de distorções cognitivas.

Capítulo 5. O papel modulador dos pressupostos subjacentes.

Capítulo 6. Separando desconforto de sofrimento: hierarquia dos sintomas codificada por cores (HSCC).

Capítulo 7. Resolvendo a ambivalência.

Capítulo 8. Foco nas técnicas experienciais para reestruturar cognições.

Capítulo 9. Crenças nucleares em relação ao self, conceituadas como autoacusações.

Capítulo 10. Distinguindo os personagens internos: tomando distância.

Capítulo 11. A metáfora da "preparação para o recurso": construindo novas crenças nucleares positivas e funcionais.

Capítulo 12. Consciência metacognitiva.

Capítulo 13. A terapia cognitiva processual e o transtorno de ansiedade social.

Capítulo 14. A terapia cognitiva processual e o transtorno de estresse pós-traumático.

Capítulo 15. A terapia cognitiva processual como abordagem preventiva para adolescentes nas escolas.

 

 

PARTE 2 - Características Práticas Distintivas da Terapia Cognitiva Processual

 

Capítulo 16. Explicando o modelo cognitivo. Diagrama de conceituação de caso, nível 1.

Capítulo 17. Avaliando as cognições disfuncionais.

Capítulo 18. Apresentando o Questionário de Distorções Cognitivas.

Capítulo 19. Usando o registro de pensamentos intrapessoal.

Capítulo 20. Usando o registro de pensamentos intrapessoal.

Capítulo 21. Usando a avaliação da participação baseada no processo para lidar com a culpa.

Capítulo 22. Diagrama de conceituação de caso, nível 2.

Capítulo 23. Usando a hierarquia dos sintomas codificada por cores: desconforto versus sofrimento.

Capítulo 24. Resolvendo a ambivalência e tomando decisões: role-play consensual.

Capítulo 25. Diagrama de conceituação de caso, nível 3.

Capítulo 26. Usando o processo I para crenças nucleares disfuncionais.

Capítulo 27. Usando o processo I para mudar múltiplas crenças nucleares.

Capítulo 28. Usando o processo I em terapia de grupos.

Capítulo 29. Usando o processo II para a consciência metacognitiva.

Capítulo 30. Relaxamento e metáfora do barco a vela.

 

DIFERENCIAIS DA OBRA

 

Este livro faz parte da série Características Distintivas, que convida os mais importantes clínicos e teóricos das principais terapias entre as terapias cognitivo-comportamentais a destacarem as características fundamentais das abordagens que utilizam.

 

PÚBLICO-ALVO

 

Psiquiatras, psicólogos, assistentes sociais, psicoterapeutas e outros profissionais atuantes na área da saúde mental.

 

SOBRE O AUTOR

 

Irismar Reis de Oliveira, MD, PhD

É professor de Psiquiatria do Departamento de Neurociências e Saúde Mental da Universidade Federal da Bahia. É o criador da terapia cognitiva processual e treinou terapeutas no Brasil e em outros países nesse modelo. Atende em seu consultório particular e publicou diversos artigos e livros. Foi editor de Standard and Innovative Strategies in Cognitive Behavior Therapy, coeditor de Integrando psicoterapia e psicofarmacologia: manual para clínicos e escreveu Terapia cognitiva processual: manual para clínicos. 

Escrever Comentário

OBS: Não usar código HTML